Coletivo se encarrega de limpar sujeira pós-protesto

manifesto limpeza brasíliaOs protestos em Brasília  contam um grupo especial de voluntários. Sob o lema “A rua é a casa do povo”,  eles ajudam a limpar um pouco da sujeira gerada nos manifestos.

Desde o início da onda de protestos, o Coletivo da Rua acompanhar as manifestações com sacolas de lixo. Na quinta, na 2ª Marcha do Vinagre, que reuniu 60 mil pessoas na Esplanada, foram recolhidos cerca de 40 mil litros de lixo. Nem tudo, porém, eram cartazes e tubos de tinta. “Recolhemos muitas garrafas de bebida, aproximadamente 200 só de vodca”, afirma Julianna Motter, 21, uma das criadoras do projeto.

“Vejo muitos cartazes pedindo educação e respeito, mas na hora de mostrá-los os próprios manifestantes falham.”Julianna Motter, estudante

O Coletivo da Rua foi pensado há um ano, mas só conseguiu adesão com o aumento do número de protestos na cidade. Para Julianna, a presença deles gerá uma conscientização da sociedade sobre a importância desse serviço. “Quando as pessoas nos veem transitando com as camisetas do projeto e as sacolas de lixo elas mesmas catam o que está ao redor e nos entregam”, conta.

Como o número de manifestações crecendo no DF,  outras pessoas têm manifestado interesse em participar do Coletivo.

Julianna acredita que nesta semana serão 20 participantes reunidos amanhã na 3ª Marcha do Vinagre. “As pessoas não devem ter vergonha de catar o lixo que elas mesmas geraram”, conclui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s